Cachoeira Grande na Serra do Cipó

O que fazer na Serra do Cipó

A serra do Cipó é um dos melhores destinos para fugir da cidade grande e respirar um ar fresco curtindo a natureza. Pois, o pequeno distrito de Santana do Riacho agrada a todos os tipos de viajantes, com diversas opções. Então, se você está pretendendo viajar por Minas Gerais. Deseja fugir da cidade grande e curtir a natureza, a Serra do Cipó é o lugar perfeito. Cercada por paisagens de tirar o fôlego e com um ambiente acolhedor.

A priori, a Serra do Cipó é conhecida por ter grande importância sobre o balanço das águas. Pois faz a divisão natural das bacias dos rios Doce e São Francisco. Dentro do Parque Nacional da Serra do cipó existe uma grande diversidade de cachoeiras, montanhas e cânions, por exemplo. Além, de vários vales com picos de mais de 1.600 metros de altitudes. Então, falaremos tudo sobre este destino, que como você já sabe é um dos melhores destinos para viajar em Minas Gerais.

 
Cachoeira na Serra do Cipó
Cachoeiras na Serra do Cipó

O QUE FAZER NA SERRA DO CIPÓ

Se você está pretendendo viajar por Minas Gerais. Deseja fugir da cidade grande e curtir a natureza, a Serra do Cipó é o lugar perfeito. Acima de tudo, é cercada por paisagens de tirar o fôlego e com um ambiente acolhedor. Logo, é um dos melhores destinos para fugir da cidade grande e respirar um ar fresco curtindo a natureza. Portanto, o pequeno distrito de Santana do Riacho agrada todos os tipos de viajantes, com diversas opções.

LOCALIZAÇÃO DA SERRA DO CIPÓ

A Serra do Cipó é um destino de acesso fácil, situada a 100 km de Belo Horizonte e 60 km de Lagoa Santa. O acesso é todo pavimentado através da rodovia MG-10. As temperaturas médias oscilam entre 17 e 19°C. Com verões frescos e estação seca bem definida. Logo, o clima na Serra do Cipó é do tipo tropical. Portanto, a melhor época para conhecer a região é entre os meses de Maio à Setembro, por exemplo. Pois, compreende o período de seca.

O Centro da Serra do Cipó se resume em uma única rua. Mas, mesmo que pequeno o “centrinho” é muito bem estruturado. Pois, possui várias opções de hospedagens e conta também com lanchonetes, padarias, bares e restaurantes para todos os gostos. E comida mineira é tudo de bom na vida. Além disso, possui farmácias, lojinhas de conveniência e mercados.

PONTOS TURÍSTICOS NA SERRA DO CIPO

Em primeiro lugar, uma das principais atrações da Serra do Cipó, é a opção de banhos em cachoeiras e piscinas naturais. Logo, são muitas e estão espalhadas por todo o parque. Portanto, algumas cobram a entrada, pois, estão localizadas em propriedades particulares. Enfim, as demais a entrada é gratuita. Entre as principais cachoeiras da Serra do Cipó merecem destaque:

CACHOEIRA VÉU DA NOIVA

Inicialmente a Cachoeira Véu da Noiva é uma das cachoeiras mais famosas da Serra do Cipó. De fácil acesso, pois, está localizada ás margens da MG-10 e cobra R$ 30 por pessoa para entrada. Assim sendo, conta com uma ampla estrutura para camping, banheiros, estacionamento e restaurante. Por conseguinte, a trilha de acesso a cachoeira é bem tranquila. Contudo, devido a quantidade de pedras, o ideal é ir de tênis. Enfim, seu poço é grande e fundo, ideal para dar um bom mergulho.

Cachoeira Véu da Noiva
Cachoeira Véu da Noiva

CACHOEIRA GRANDE

Um dos pontos turísticos mais conhecidos da Serra do Cipó é a Cachoeira Grande. Dessa forma, é um dos cartões postais mais bonitos da Serra do Cipó. O valor de entrada é de R$ 40 e ela fica bem próxima da entrada do Parque Nacional e do centro da Serra do Cipó. O paredão alto de pedras faz com que o visual dessa cachoeira seja único. Ou seja, são 55 metros de extensão, com uma queda d’água de 9 metros de altura. Um cenário exuberante e de tirar o fôlego. Logo, é a maior e uma das mais, belas cachoeiras da região.

A belíssima e encantadora Cachoeira Grande na Serra do cipó
Cachoeira Grande

CACHOEIRA DA SERRA MORENA

Da mesma forma, a Cachoeira da Morena, é cercada de muita vegetação e um poço com cerca de 300 metros quadrados. Tem cerca de 100 metros de altura. Em outras palavras, é um complexo de 3 quedas d’água exuberantes. A portaria que dá acesso à cachoeira fica à 11 km do distrito da Serra do Cipó. É propriedade particular da Pousada Serra Morena. Logo, a entrada custa R$ 30,00 e para chegar a cachoeira é necessário andar 1 km partindo da portaria principal da pousada. Por fim, sua estrutura conta também com banheiros, restaurante e a pousada camping. Assim sendo, é um lugar excelente para caminhadas observando a natureza. Ideal também para a pratica de esportes, além de piqueniques em família ou amigos.

CACHOEIRA DA CAVERNA

Similarmente, às cachoeiras mencionadas a cima, a Cachoeira da Caverna é uma excelente opção para quem prefere passeios curtos. Ou seja, está localizada na parte alta da Serra do Cipó, a apenas 15 km do centro. Ela fica um pouco à frente da espetacular cachoeira Serra Morena. Da mesma forma, sem dúvida alguma vale muito a pena conhecer mais essa cachoeira maravilhosa de águas lindas e esverdeadas.

PARQUE NACIONAL DA SERRA DO CIPÓ

O Parque Nacional é o único local que possui cachoeiras com entrada gratuita. Confira abaixo as melhores atrações deste destino incrível.

Parque Nacional da Serra do Cipó
Parque Nacional da Serra do Cipó
. LAGOA COMPRIDA

Inicialmente, a Lagoa comprida é a primeira parada a cerca de 1 km da entrada do parque. Portanto, é considerada uma trilha leve. Faz parte do circuito das lagoas e é um ponto excelente para sentar e sentir a tranquilidade da natureza, por exemplo. Próximo da lagoa há o Mirante do bem, onde é possível observar a paisagem de uma forma plana e também várias espécies de aves que só existem ali.

. CÓRREGO DAS PEDRAS

O Córrego das Pedras é apenas uma travessia até a Cachoeira da Farofa. Ele fica a uma distância de 4 km da portaria. Além disso, é um cenário de encher os olhos. Portanto, aquela sensação incrível de paz interior que não dá para explicar. Em resumo, só estando lá para sentir.

. CACHOEIRA DA FAROFA

A Cachoeira da Farofa é um dos cenários mais lindos de Minas Gerais. Localizada na Serra da Bandeirinha, logo, é um dos atrativos mais procurados por quem visita o parque. Seu percurso pode ser realizado a pé por uma trilha plana de aproximadamente 8 km. A cachoeira possui uma queda d’água com cerca de 80 metros de altura, dando origem a formação de uma profunda piscina natural e de águas geladas.

Um dos cenários mais lindos de Minas
Cachoeira da Farofa
. CACHOEIRA CAPÃO DOS PALMITOS

Capão dos Palmitos está localizada a 5 km da portaria Areias, do Parque Nacional da Serra do Cipó. Contudo, após 1h30 de caminhada por campos de serrado e campos rupestres você finalmente chegará a corredeiras e cachoeiras lindas e ideais para se refrescar. Além de banhos revigorantes.

Cachoeira Capão dos Palmitos
Cachoeira Capão dos Palmitos
. CACHOEIRA DE CONGONHAS

É o ponto de encontro da turma do rapel. Em primeiro lugar, sua queda de 25 metros também forma um poço muito propício para os banhos de turistas e visitante. Pois, suas águas de cor esverdeada e transparente, é realmente um cenário de tirar o fôlego. Portanto, o percurso total ida e volta dura cinco horas e tem aproximadamente 7 km.

. CACHOEIRA DO GAVIÃO

A Cachoeira do Gavião está localizada a aproximadamente 7 km da entrada do parque, pela portaria Areias. Logo, é um passeio encantador que dura cerca de duas horas de caminhada. Seu acesso é considerado de nível moderado. Para esclarecer, o poço formado pela queda de água é pequeno, mas muito apreciado pelos visitantes. Em resumo, se você está pretendendo viajar por essas redondezas, vale a pena a visita.

Cachoeira do Gavião
Cachoeira do Gavião
. CACHOEIRA DO TOMBADOR

A Cachoeira do Tombador possui várias quedas e dois grandes poços ideais para banho. Em síntese, é formada pelos córregos Bocaina e Capão. A trilha que leva a essa cachoeira é linda, maravilhosa e possui cerca de 8 km de extensão.

Cachoeira do Tombador
Cachoeira do Tombador
. CACHOEIRA DAS ANDORINHAS

A Cachoeira das Andorinhas caracteriza-se como queda d’água que precipita de um acidente geográfico de aproximadamente 30 metros de altura. Diante disso, temos um poço com profundidade média de 4 metros e águas puras. Logo, é um local ideal para um bom banho. Em conclusão, está localizada no coração da Serra do Cipó, sendo 6 km de caminhada a partir da portaria do parque.

. CÂNION DAS BANDEIRINHAS

O Cânion das Bandeirinhas, possui um paredão de 80 metros de altura e 4 km de extensão. Incluindo trilhas, cascatas, cachoeiras e piscinas naturais, por exemplo. De fato, é sem dúvida alguma um passeio completo. Diante disso, é uma excelente opção para quem quer ficar em contato com a natureza. Além, de conhecer paisagens belíssimas. Portanto, o caminho até o cânion é de dificuldade moderada. Pois, são 12 km só de ida. Mas com certeza vale muito a pena.

OUTROS PONTOS TURÍSTICOS EM SANTANA DO RIACHO

Paisagens de tirar o fôlego, no Parque Nacional da Serra do Cipó
Rios na Serra do Cipó

Por conseguinte, se você quiser outras opções de passeios na Serra do Cipó, além das cachoeiras, pode visitar outros pontos turísticos. Pois, a região tem diversas atrações para você aproveitar e curtir bastante.

. MORRO DA PEDREIRA

Outro passeio muito interessante na serra do cipó é visitar o Morro da Pedreira para ver o pôr do sol. Por outro lado, local é muito frequentado por praticantes de rapel e escalada. Portanto, é preciso fazer uma trilha de 20 minutos para chegar ao topo do morro.

. ESTÁTUA DO JUQUINHA

A estátua do Juquinha está localizada no centro da cidade. Ou seja, é uma homenagem a um andarilho que vendia flores para os turistas da região. Logo, a estrutura tem três metros e foi esculpida em argila pela artista plástica Virgínia Ferreira. A sua estátua é um dos monumentos mais fotografados da região. Juquinha é um personagem lendário da região. Pois, ele ficou conhecido por morrer duas vezes, porque acordou no meio do seu velório.

. VALE DO TRAVESSÃO

O Vale do Travessão é um passeio de trekking. Logo, este passeio é feito pela parte alta do parque. É impressionante como os vales e as serras são vistos de cima. São tantos visuais incríveis que vão lhe tirar o fôlego. Portanto, vale muito a pena visitar este local

Serra do Cipó, encanta em cada detalhe
Serra do Cipó

CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE A SERRA DO CIPÓ

Em suma, ande pelas trilhas com calçado reforçado, prefira os que tenham sola antiderrapante. Quanto às roupas opte por tecidos leves que sequem rápido e que te protejam dos raios do sol. Dê preferência às calças e blusas de mangas compridas. Não entre nas matas fora das trilhas. Use protetor solar, chapéu ou boné, pois, o sol é escaldante no verão. Leve água e lanche.

Enfim, não faltam opções do que fazer na Serra do Cipó. E com certeza vale muito a pena cada dor no pé e esforço dedicado para conhecer e acessar todos esses pontos turísticos. Logo, os passeios pelas cachoeiras são quase obrigatórios. Pois não é sempre que temos a oportunidade de estar em contato com a natureza de uma forma tão singular e única. Por fim, não deixe de programar sua viagem pela região. Pois, você voltará revigorado, com todas as suas energias renovadas. Ou seja, nada é melhor para isso que um bom banho de cachoeira. Veja muito mais no site oficial do ICMBio.

Serra do Cipó
Passagens aéreas saindo de

SEGURO VIAGEM

Concluindo, para estes tipos de viagens e passeios é muito importante o seguro viagem. Sai a menos de R$ 4 por dia faça sua cotação também. Dessa forma não deixe de contratar este serviço, para fazer sua própria cotação e ver como é bom e barato clique na foto abaixo.

Seguro Viagem: América do Norte
Intermac 60 Long Stay USA Intermac 60 Long Stay USA Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 (SUPLEMENTAR) R$ 24/dia*
ITA 40 SMART USA ITA 40 SMART USA Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 14/dia*
CORIS 60 USA BASIC +COVID19 CORIS 60 USA BASIC +COVID19 Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.000 R$ 43/dia*

Deixe uma resposta