Quais os melhores pontos turísticos em Salta na Argentina?

Salta é uma província localizada em um amplo vale entre as montanhas no norte da Argentina. Servindo como base para explorar toda região incluindo Jujuy, Salta vem se tornando um importante destino com pontos turísticos sensacionais. Pois, há de tudo um pouco nessa cidade que mistura a herança indígena com a cultura de imigrantes do mundo todo.

O turismo na região de Salta se desenvolveu bastante. Ou seja, há atrações para todos os gostos. Não falta o que fazer em salta. Desde passeios históricos pela cidade, ecoturismo em vinícolas, festivais e trilhas em parques nacionais.

Para que você aproveite ao máximo sua viagem, preparamos as melhores dicas do que fazer em Salta. Vem com a gente!

As montanhas são importantes pontos turisticos em salta na argentina devido a beleza única

Como é o clima em salta?

No inverno existe alguma possibilidade de neve, e mesmo nos meses mais quentes, a temperatura cai à noite. Por isso não esqueça dos casacos ao fazer suas malas.

A temperatura mais baixa em Salta é de 19° C, em junho. E a temperatura média mais alta em Salta é de 28° C, em janeiro.

Quando ir a Salta e curtir os pontos turísticos

Entre o fim de fevereiro e a metade de maio é a melhor época para visitar Salta. Pois, é quando a temperatura fica amena e há pouca previsão de chuva, garantindo o tempo perfeito para fazer passeios pelas montanhas.

Entre o fim de agosto e outubro também é um período interessante para visitar a cidade. Embora sejam os meses mais secos do ano, são menos frios que junho e julho.

Melhores pontos turísticos em Salta

Seja para quem quer relaxar em meio à natureza, subir montanhas, aprender sobre a história da cidade ou simplesmente caminhar pelas ruas tranquilas, Salta está repleta de atrativos e pontos turísticos, ou seja, não vai faltar o que fazer. Veja a seguir as principais atrações de Salta.

Montanhas coloridas enfeitam as redondezas de Salta na Argentina

1.Centro Histórico (Plaza 9 de Julio)

Rodeada de atrações importantes e cheia de vida em qualquer hora do dia, a praça central de Salta é considerada o centro do turismo e das festividades locais. Ou seja, é o ponto de encontro dos tours pela cidade.

Dar uma volta entre árvores e monumentos que marcam a história da cidade, é um passeio imperdível. Aproveite também para dar uma volta em seus arredores. Pois estão cheios de lojas que vendem lembranças e artesanatos, assim como cafés e restaurantes que vendem iguarias argentinas.

Igrejas e prédios antigos são atrações em Jujuy e região

2.Cerro San Bernardo

A apenas 1 km da Plaza 9 de Julio, está localizado o Morro San Bernardo. E para subi-lo você pode optar por pegar o teleférico ou se preferir pode subir os degraus até o topo.

O Cerro San Bernardo propicia uma bela vista de Salta e do Valle de Lerma, pois se eleva a 200 metros acima do nível da cidade. Ao chegar lá em cima você ainda encontra um café, banheiro e playground.

3.Cabildo

Em suma, estamos falando do edifício colonial mais antigo de Salta. Sob a direção de Antônio de Figueras, suas obras tiveram início no ano de 1780. Contudo, sua torre só foi erguida vários anos depois.

O edifício do Cabildo foi parcialmente demolido ao longo dos séculos. Mas em 1945 foi restaurado. Seu nome quer dizer algo entre prefeitura e conselho municipal. O prédio da prefeitura da cidade é o mais completo e melhor conservado da Argentina.

4.Museus em Salta

Confira a seguir os principais museus e outros pontos turísticos de Salta.

Museu de Arqueologia de Alta Montanã (MAAM)

Um dos grandes atrativos de Salta onde estão expostos objetos de um Santuário Inca é o Museu de Arqueologia de Alta Montanâ. Trata-se de elementos como as múmias de Llullaillaco, que é uma das descobertas arqueológicas mais importantes dos últimos tempos.

São os corpos de três crianças Inca que morreram há cerca de quinhentos anos. Elas foram sacrificadas como oferendas aos deuses e seus corpos ainda estão conservados. Encontradas perto do topo do vulcão Llullaillaco, o sítio arqueológico mais alto do mundo. O museu abre de segunda à domingo,das 10h às 18;30. Paga entrada.

Museu de Belas Artes

Localizado próximo à avenida principal de Salta, este museu é dedicado à cultura salteña moderna, em especial às artes plásticas. É um edifício cheio de pinturas, fotografias de artistas locais, regionais e nacionais, além de esculturas. É um edifício que vale muito a pena visitar.

O museu abre de 9h às 20h. A entrada é gratuita. Ainda acontecem workshops para crianças e adultos frequentemente. Isto faz deste lugar, um excelente destino para viajar com crianças.

Museu Pajcha Arte Étnico

Com uma enorme coleção de itens da América central e do Sul, incluindo tapeçarias, arte indígena e joias tradicionais, o Pajcha é considerado por muitos viajantes o melhor museu de Salta.

O museu abre de segunda a sábado, das 10h às 13h e das 16h às 20h. Entrada paga. Ainda recomenda-se fazer uma das visitas guiadas, para explicação da coleção. Sem dúvida é imperdível.

5. Igrejas em Salta são excelentes pontos turísticos

As igrejas em Salta sem dúvida alguma, não poderiam ficar de fora da nossa lista dos principais pontos turísticos da cidade. Confira!

O centro histórico de Salta é um patrimonio local e são pontos turísticos incríveis

Catedral de Salta

Ao norte da Plaza de 9 de Júlio, está localizada a Catedral de Salta. Considerada um dos mais lindos templos da Argentina em um dos mais lindos pontos turísticos de Salta. A Catedral começou a ser construída em 1858 sendo concluída em 1882.

Seu interior possui uma decoração simétrica, ornamentado em ouro e um altar magnífico, obra do Padre Luis Giorgi.

Convento de São Bernardo

Este convento é um dos edifícios mais antigos de Salta. Embora seu acesso seja proibido, nem que seja apenas para admirar sua porta de madeira, vale a pena visitá-lo.

Servindo como uma capela dedicada a São Bernardo, o prédio foi construído entre o final do século XVI e início do século XVII. Depois foi construído um prédio ao lado que passou a ser usado como hospital. Mas, tornou-se um convento de freiras carmelitas em 1846.

Basílica e Convento de São Francisco

Considerada o cartão postal da cidade, a Igreja de São Francisco, está a uma quadra da Plaza 9 de Julio. Seu primeiro prédio foi construído em 1625. Contudo, vários incêndios e problemas estruturais o destruíram.

Em 1870 foi construída a igreja atual. E em 1877 construíram a torre do sino. É uma das maiores torres da América do Sul, com 54 metros de altura. Seu interior possui uma cor castanha ocre e arquitetura romântica, palco de vários casamentos. Dentro da igreja encontram-se os restos do criador da Marinha Argentina e um museu católico. Sem dúvidas um dos melhores pontos turísticos de Salta.

Salta el “Tren a Las Nubes”

O Tren a Las Nubes é uma das atrações turísticas mais importantes de Salta. E significa “Trem para as nuvens”. Ele realiza um passeio característico pela região de La Puna. O trem sobe a encosta dos Andes, localizada em Salta. A linha ferroviária foi inaugurada em 1948.

O trajeto começa a partir do povoado de San Antônio de los Cobres. Existem ônibus que pegam os passageiros em Salta por volta das 6h e levam até lá para pegar o trem, retornando por volta das 21h.

Há também muitas paradas pelo caminho, para o viajante fazer refeições e ainda comprar lembrancinhas. É um passeio relativamente caro, saindo entre R $300,00 e R $500,00. Contudo, vale a pena. Pois, o trem e todo trajeto é extremamente confortável.

Conclusão: vale a pena os passeios nos arredores de Salta?

Concluindo, uma das dicas mais importantes de pontos turísticos em Salta é: não se prenda apenas à cidade. Vale a pena conhecer a região no entorno. Pois, ela guarda as paisagens mais admiráveis do norte da Argentina. São elas:

·         Cafayate: região muito conhecida pela produção de vinho, a segunda maior da Argentina. Está localizada no sudoeste de Salta;

·         Cachi: Este povoado localizado a 157 km de Salta ainda conserva as características de casa coloniais;

·         Salinas Grandes: A 180 kms de Salta, as Salinas Grandes é o nome de um salar argentino;

·         Purnamarca: A 190 km de Salta esse povoado é o lar do Cerro de los Siete Colores. Uma montanha da Cordilheira dos Andes;

·         Quebrada de Humauaca: Caminho natural em direção ao altiplano andino e a Bolívia. Suas atrações são formações rochosas com cores avermelhadas, ocre, marrom e laranja.

Então, se você curtiu nossas dicas de atrações turísticas imperdíveis para aproveitar bastante a província de Salta e região, conta pra gente nos comentários.

Abraços!

Deixe uma resposta